Roadshow Energy Future em Rondônia encerra série de eventos

Por: Energy Future  |    20/02/2020
Imagem do post undefined

Participantes de todo Brasil puderam tirar dúvidas e aprofundar conhecimentos sobre o cenário de inovação do setor elétrico.

Durante os meses de janeiro e fevereiro, o Energy Future realizou eventos por todas as cinco regiões brasileiras. Cerca de 800 participantes tiveram a oportunidade de esclarecer, presencialmente, dúvidas sobre o processo de inscrição da chamada e conhecer os investimentos em inovação das concessionárias parceiras.

O roadshow Energy Future percorreu 13 cidades brasileiras. A série de eventos, que teve como ponto de partida a cidade do Rio de Janeiro, realizou nesta quinta-feira, 20 de fevereiro, em Porto Velho (RO), a última edição.

Os encontros tiveram como objetivo qualificar os proponentes de projetos de P&D e de startups à chamada do Energy Future. Empreendedores, pesquisadores e especialistas do setor elétrico, em diálogo aberto, puderam aprofundar conhecimentos sobre o Programa P&D Aneel e sobre o cenário de inovação e tecnologia.

Com a proposta de ser uma iniciativa de inovação aberta, o Energy promoveu painéis com as empresas mantenedoras da chamada: AES Tietê, Enel, Energisa, Equatorial Energia, Light, e Santo Antônio Energia, que explicaram suas estratégias e expectativas em relação aos projetos que buscam.

"A beleza do Energy Future é a diversidade, incluir empresas tão diversas, que atuam na geração, transmissão e distribuição de energia (...) com desafios e objetivos muito diferentes”, afirma Júlia Rodrigues, coordenadora de P&D e Inovação da AES Tietê.

Todos os anos, o setor elétrico investe cerca de 500 milhões de reais em projetos de pesquisa e desenvolvimento, por meio do Programa P&D Aneel.

A chamada do Energy Future, com base na regulação da Aneel e em metodologia própria, seleciona e qualifica os projetos, que serão avaliados pelas concessionárias.

"O papel do Energy Future é unificar projetos em uma plataforma, disponibilizando às utilities de energia propostas já alinhadas a seus temas de interesse”, explica Apolo Lira, business development da iniciativa.

O presidente da Câmara Setorial de Energias Renováveis do Ceará e membro da Federação de Indústrias do Ceará (FIEC), Jurandir Picanço, ressaltou a importância do Energy Future para estimular inovação no setor elétrico.

“Eu sou um entusiasta desta iniciativa. Nós temos aí uma forma de otimizar a aplicação de recursos, que já são orientados para pesquisa e desenvolvimento”, declarou Picanço.

O roadshow Energy Future foi promovido pelo Energy Future, hub de inovação, em parceria com as concessionárias AES Tietê, Enel, Energisa, Equatorial Energia, Light, e Santo Antônio Energia.

Também contou com o apoio: Firjan Rio, SENAI Ceará, SENAI SP, Instituto SENAI de Tecnologia em Energia, SENAI Goiânia, SENAI Campo Grande, UFMG, FIEC, FIEP, INCT Midas, Acate Energia, Neo Ventures, Instituto César, PUC- RS, FIERO e Tambaqui Valley.

As inscrições para a chamada do Energy Future vão até às 23h59 do dia 28 de fevereiro.